Como observar e o que fazer ao identificar Atrasos no Desenvolvimento da Criança

Como observar e o que fazer ao identificar Atrasos no Desenvolvimento da Criança

O nascimento do bebê pode representar uma nova fase na vida das mães e dos pais. Como já falamos aqui, a espera pela “criança ideal” pode se tornar um momento de muitas expectativas, principalmente sobre as características dessa criança, seus interesses, preferências, desenvolvimento, entre outros. 

No decorrer do crescimento de seus filhos, os pais se tornam verdadeiras “corujas”, acompanham atenta e ansiosamente cada conquista de seu bebê. No entanto, alguns pais podem se deparar com certa delonga para alguns desses momentos que tanto aguardavam. É normal nesse momento que pais e/ou responsáveis comecem a comparar o desenvolvimento de seu filho com outras crianças do convívio, porém nesses momentos ressaltamos a importância do acompanhamento dos Marcos do Desenvolvimento

Acompanhando os Marcos do Desenvolvimento, podemos observar padrões de desenvolvimento adequados para cada idade, mas é importante ressaltar, que embora exista um delineamento de tempo esperado para cada fase do crescimento, o atraso de algum dos Marcos não necessariamente indica alguma alteração, dessa forma é sempre relevante procurar ajuda de profissionais para avaliar a situação.

Apesar de cada criança ser única e os padrões esperados para cada habilidade a ser desenvolvida ter um intervalo de tempo, quando passados um tempo limite extremo, caracterizamos um atraso no desenvolvimento. Este atraso, como o nome já diz, representa um adiamento da aquisição de repertórios esperados para cada criança. Podendo ocorrer em uma ou várias áreas – por exemplo, motoras, linguísticas e sociais.

Alguns dos sinais mais comuns observados são:

  • Dificuldades com habilidades de interação social;
  • Dificuldades nas habilidades de linguagem;
  • Dificuldades em ações básicas de cuidados da vida diária;
  • Dificuldades motoras amplas, como: andar, pular e correr.
  • Dificuldades motoras finas, como: manipular objetos, apontar e pintar.

Em alguns casos, o atraso no desenvolvimento pode ter uma causa médica comprovada, como algumas síndromes. Pode ser também devido a outros eventos, como complicações na gravidez, acidente ou outra doença. Em muitos outros casos, a causa deste atraso no desenvolvimento não é tão simples de se detectar. 

Em contrapartida, também é importante salientar que a observação dos sinais de atraso no desenvolvimento deve levar em consideração o ambiente em que a criança está inserida, nos possibilitando entender se aquele indivíduo tem acesso a estimulação suficiente para que determinadas habilidades sejam de fato desenvolvidas.

Independente de quaisquer que sejam as causas, a identificação e intervenção precoce facilitam e ajudam a obter uma maior evolução do potencial de desenvolvimento da criança, visando melhorar a qualidade de vida dentro das possibilidades de cada indivíduo. 

Tem alguma dúvida com relação aos Marcos de Desenvolvimentos? Acesse aqui e saiba mais. Ao menor sinal de atraso, procure o profissional adequado para investigação e conte conosco!

Sem Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.